quarta-feira, 23 de agosto de 2017

Alfajores argentinos

Fazer bolachas geralmente dá algum trabalho... mas há algumas que valem a pena... estas são bem docinhas, ficam macias e desfazem-se na boca...


Ingredientes (para cerca de 30)

-100g de manteiga amolecida
-100g de açúcar em pó
-1 ovo + 1 gema
-1 colher (de chá) de extrato de baunilha
-raspa de 1/2 lima (ou 1/4 de limão)
-100g de farinha de trigo sem fermento
-200g de amido de milho (maizena)
-1 colher (de café) de fermento
-1 lata de leite condensado cozido
-coco ralado

1. Misturar a manteiga com o açúcar com a ajuda de uma colher até formar uma pasta (se usarem a batedeira vai voar açúcar por toda a cozinha);


2. Juntar o extrato, as raspas e um ovo. Bater. Juntar depois a outra gema e voltar a bater;
3. Peneirar as farinhas e o fermento e juntá-las aos poucos ao preparado;
4. Amassar bem com as mãos e formar um disco. Envolver em película aderente e levar ao frigorífico por 1 hora;
5. Pré-aquecer o forno a 165ºC;
6. Polvilhar a bancada com farinha, estender a massa até ter 4 mm de espessura e cortar círculos de massa com um cortador (com muita paciência, ir estendendo a massa e levando ao frio por mais uns minutos se necessário);
7. Levar os círculos ao forno sobre papel vegetal e deixar cozinhar cerca de 12 minutos;
8. Deixar arrefecer. Colocar o leite condensado num saco de pasteleiro e rechear as bolachas. Limpar as laterais com o dedo e passar as beiras por coco ralado.

Nota: Elas ficaram amarelinhas porque usei farinha maizena com corante amarelo geralmente usado para as bolachas húngaras. Não usei conhaque como era suposto porque fiz a receita para crianças e tive medo que o sabor fosse forte demais...


sábado, 5 de agosto de 2017

Frango com pesto e vegetais

Esta receita não tem como não funcionar, para quem gosta de espargos, tomate seco e pesto!


Ingredientes (para uma pessoa):

-1 peito de frango
-1 dente de alho
-1 colher de sobremesa de pesto de manjericão
-2 tomates secos
-2 mãos cheias de tomate cereja
-1/2 molho de espargos verdes
-azeite
-sal e pimenta

1. Cortar o peito de frango em cubos. Arranjar os espargos e cortar os tomates cereja em metades;
2. Aquecer um fio de azeite numa frigideira. Saltear um dente de alho esmagado e os tomates secos em pedaços. Juntar o frango e o pesto e deixar cozinhar por 5 a 10 minutos;
3. Juntar os espargos e o tomate cereja à frigideira. Saltear por uns minutos;
4. Retificar os temperos.

terça-feira, 1 de agosto de 2017

Strogonoff de cogumelos com arroz selvagem e espinafres

De volta ao blog... e com uma das melhores coisas que comi nos últimos tempos!! Adorei esta receita! Um cogumelo suculento, com um molho saboroso, cremoso e aromático... acompanhado por duas das coisas que mais gosto: arroz selvagem e espinafres. Como sempre, alterei um pouco a receita, eliminei a farinha do molho e usei natas de soja light para ficar menos calórico... e resultou perfeitamente! Os espinafres, usei da variedade "nova zelândia", que são mais duros e mais saborosos... se usarem dos "baby", não é necessário saltear antes de juntar ao arroz...


Ingredientes (para 1 pessoa)

-1 cogumelo portobello gigante
-2 dentes de alho
-1 colher (de sopa) de manteiga light
-1/4 cubo de caldo de galinha
-1/2 pacote de natas de soja light
-1 colher (de chá) de mostarda
-raspa de 1/2 lima
-2 pepinos em pickle
-arroz selvagem
-2 mãos cheias de espinafres
-1 fio de azeite
-sal e pimenta preta



1. Cozinhar o arroz em água com sal;
2. Esmagar um dente de alho e salteá-lo numa frigideira com azeite e os espinafres até amolecerem. Temperar e reservar;
3. Aquecer a manteiga numa frigideira pequena. Colocar o cogumelo inteiro a dourar. Ralar um dente de alho sobre o cogumelo. Virar e deixar ganhar cor;
4. Juntar um pouco de água e o cubo do caldo de galinha. Ir regando o cogumelo até ficar tenro. Reservar o cogumelo envolvido em papel de alumínio para não arrefecer;
5. Na mesma frigideira da manteiga, juntar as "natas" e a mostarda. Deixar engrossar um pouco e retificar os temperos;
6. Quando o arroz estiver quase pronto. Envolver nele os espinafres reservados;
7. Servir o cogumelo sobre uma cama de arroz com espinafres. Regar com o molho e polvilhar com a raspa de lima. Juntar 1 ou 2 pepinos de conserva em rodelas.

-Podem juntar também um pouco do sumo da lima no final! 
-Se não gostarem de pepinos em conserva, juntem amêndoa! Eu adorei de vez em quando encontrar os pedaços crocantes e consistentes do pepino... e lembrei-me que amêndoa também deve funcionar bem!

Fonte: Adaptado do livro "Rachel Khoo's Kitchen Notebook", Penguin

terça-feira, 28 de março de 2017

Canelones de atum e curgete

Esta é uma daquelas refeições que enche o olho e o estômago mas que é mais saudável e pouco calórica...


Ingredientes (2 pessoas)

-1 embalagem de massa fresca para lasanha (6 folhas)
-2 latas de atum em água
-1 cebola pequena
-1/2 curgete ralada
-2/3 lata de tomate em pedaços
-1/4 de pimento verde em cubos
-4 tomates secos em tirinhas
-1 cálice de vinho branco
-100ml de natas de soja light
-queijo ralado light
-orégãos
-sal e pimenta
-2 colheres (de sopa) de azeite

1. Refogar a cebola picada no azeite;
2. Juntar o tomate, o pimento, a curgete e o atum. Deixar cozinhar uns minutos e refrescar com o vinho branco. Deixar o álcool evaporar e retificar os temperos;
3. Colocar o recheio numa ponta da massa e enrolar;


4.Colocar os rolos de massa numa travessa e regar com as natas de soja. Polvilhar com queijo ralado e orégãos;


5. Levar ao forno a 200ºC até dourar.




quinta-feira, 23 de março de 2017

Bolo trufa de chocolate

Bolo trufa porque fica quase assim... como uma trufa... muito húmido e achocolatado... foi o bolinho de anos da minha irmã, que adora chocolate...  


Ingredientes:

-200g de chocolate
-100g de manteiga
-3 ovos
-150g de açúcar
-1/2 chávena de chá de cacau em pó
-pitada de sal fino
-4 colheres (de sopa) de farinha
-iogurte grego para cobrir




1. Derreter o chocolate com a manteiga em banho-maria;
2. Bater os ovos com o açúcar. Juntar o cacau, o sal e a farinha;
3. Misturar o chocolate;
4. Forrar uma forma com papel vegetal e untar com manteiga. Polvilhar com cacau em pó;
5. Verter a massa e levar ao forno a 190ºC, por 20 a 25 minutos;
6. Esperar que arrefeça e cobrir com iogurte grego.


quarta-feira, 22 de março de 2017

Bolo cremoso de fubá e coco

Março e Abril são os meses dos aniversários lá em casa... e para a minha mãe fiz este bolo de farinha de milho, muito fácil e muito saboroso! Fica mesmo cremoso...


Ingredientes:

-450ml de leite
-200ml de leite de coco
-4 ovos
-2 colheres (de sopa) de manteiga
-200g de açúcar
-50g de amido de milho (farinha maizena, usei com aroma de baunilha)
-150g de fubá (farinha de milho fina)
-2 colheres (de sopa) de queijo ralado
-1 colher (de sopa) de fermento em pó
-2 colheres (de sopa) de coco ralado + para polvilhar


1. Bater todos os ingredientes líquidos com o açúcar;
2. Juntar os ingredientes sólidos e misturar bem;
3. Forrar uma forma com papel vegetal untado e polvilhado. Verter a massa e levar ao forno a 180ºC por 30 minutos;
4. Desenformar e deixar arrefecer antes de polvilhar com coco ralado (quando sai do forno pode parecer ainda muito liquido mas é mesmo assim).


sexta-feira, 10 de março de 2017

Quinoa com cenoura assada

Esta foi a minha primeira experiência com quinoa! E fiquei agradavelmente surpreendida! Tem um sabor mais característico do que esperava! Ficou maravilhosa com o adocicado natural da cebola e da cenoura!


Ingredientes (para 1 pessoa como prato principal):

-1 cenoura
-1 cebola roxa pequena
-50g de quinoa
-1 mão de espinafres frescos
-tomilho ou alecrim 
-azeite
-sal e pimenta
-1/2 limão

1. Cortar a cenoura em quartos, no sentido do comprimento, e a cebola em gomos largos;
2. Levá-las ao forno temperadas com alecrim, azeite, sal e pimenta, por 30 a 40 minutos a 200ºC;
3. Lavar a quinoa. Ferver água com uma pitada de sal e colocar a quinoa a cozinhar. Tapar e baixar o lume para o mínimo. Depois de 15 minutos, juntar os espinafres. Deixá-los murchar e escorrer o excesso de água;
4. Juntar a cenoura e a cebola e temperar com um pouco de sumo de limão.

quinta-feira, 9 de março de 2017

Sobremesa de papaia

A gelatina é uma boa solução para quem está a controlar o peso... não é das coisas de que mais gosto mas esta sobremesa agradou-me bastante! A gelatina sabe mesmo a papaia! É fresquinha, aromática, saborosa e light!


Para a gelatina:

-1 pacote de gelatina de papaia 7 kcal
-500ml de água quente e 500ml de água fria
-1/2 papaia fresca

Para a gelatina de leite condensado:

-1/2 pacote de gelatina de papaia 7 kcal
-200ml de água quente
-150g de iogurte grego magro
-1/2 lata de leite condensado magro


1. Dissolver a gelatina na água a ferver. Juntar a água fria;
2. Cortar a papaia em pedaços e colocá-los no fundo de uma forma de pudim ou bolo. Cobrir com a gelatina e levar ao frigorífico para solidificar;
3. Dissolver o outro pacote de gelatina em 200ml de água a ferver. Juntar o leite condensado e o iogurte e bater bem. Verter sobre a gelatina já solidificada. Levar ao frigorífico mais umas horas.

-Para desenformar, colocar a forma em água quente por uns segundos.
-Façam a gelatina de leite condensado só depois da gelatina estar solidificada porque ela endurece muito mais rápido.

domingo, 5 de março de 2017

Cuscuz com camarão e vegetais asiáticos

Gostei muito de um cuscuz que comi no "Go Natural" e ia tentar reproduzi-lo em casa mas acabei por alterar completamente os vegetais porque vi uns legumes embalados no Lidl bem mais económicos... ficou também muito bom! Desta vez descasquei os camarões mas deixei as cabeças e isso deixou um sabor a camarão ainda mais intenso! Fica bom quente ou frio e portanto pode-se preparar com antecedência... é perfeito para marmitas, piqueniques e almoços volantes!


Ingredientes (1 pessoa):

-100g de camarão
-2 mãos cheias de legumes asiáticos
-1 mão de coentros frescos
-4 tomates cereja
-1 chávena (de café) de cuscuz
-1 colher (de sopa) de azeite
-1 colher (de sopa) de molho de soja
-pimenta preta

1. Colocar o cuscuz numa taça e cobri-lo com 1 chávena de café de água temperada com sal a ferver. Tapar e deixar repousar uns minutos;
2. Saltear os legumes no azeite e juntar o camarão, os tomates e os coentros;
3. Juntar o cuscuz já cozinhado e temperar com o molho de soja e pimenta preta.

quinta-feira, 2 de março de 2017

Pizza de anchovas com base de couve-flor

Vai uma fatia de pizza sem farinha? Voltei a experimentar esta base de couve-flor e ficou ainda melhor desta vez! Mais sequinha e dourada... uma versão bem mais saudável e ainda assim, muito reconfortante! 


´
Ingredientes para a base:

-1/2 couve-flor
-1 ovo e 1 clara de ovo
-orégãos e manjericão seco
-alho em pó
-sal e pimenta

1. Triturar a couve-flor numa picadora. Envolver a couve-flor picada num pano e espremer o mais possível para eliminar a água da couve. Fazer isto com pouca quantidade de couve-flor de cada vez e espremer o melhor possível (só assim a massa fica consistente);
2. Misturar o ovo e a clara com a couve-flor e temperar com as ervas aromáticas, sal, pimenta e alho em pó;
3. Untar uma folha de papel vegetal com spray de cozinha ou azeite. Espalhar a couve-flor e compactá-la bem;
4. Levar ao forno a 200ºC por 15 a 20 minutos.


"Massa" antes de ir ao forno

Colocar os toppings desejados e levar a pizza ao forno até dourar. Usei:

-molho de tomate
-1 tomate
-1 tira de pimento vermelho
-1 tira de pimento verde
-1/4 de cebola
-1 lata pequena de anchovas
-10 azeitonas pretas
-queijo ralado light




quarta-feira, 1 de março de 2017

Bolo de cacau e coco sem açúcar

As dietas chatas estão fora de moda... e ainda bem! Hoje fiz um bolo de cacau sem açúcar, para acalmar os desejos por chocolate... tirei duas fatias e ofereci o resto ;) Encontrei esta receita e alterei-a conforme o que tinha em casa... usei cacau puro magro e curgete... ficou húmido e com um travo amargo que não enjoa... cada fatia tem a volta de 180 kcal, mas se não usarem o coco, baixa para 150 kcal. Um dia destes hei de experimentar com maçã! 


Ingredientes (para 10 fatias)

-2 ovos
-130g de margarina magra
-50ml de leite magro
-1 curgete grande (450g)
-120g de farinha de trigo
-50g de coco ralado
-40g de cacau puro magro em pó
-1 colher (de sopa) de fermento em pó
-25g de adoçante em pó

-cacau e açúcar em pó para polvilhar

1. Bater os ovos com o leite e a margarina derretida;
2. Juntar a curgete ralada fininha;
3. Misturar os ingredientes secos e juntá-los à mistura liquida;
4. Untar e polvilhar uma forma com cacau e verter a mistura. Levar ao forno a 180ºC por 30-40 minutos;
5. Polvilhar com cacau e açúcar em pó.

terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

"Arroz" de couve-flor com camarão e espargos

Depois de ter descoberto que a curgete podia substituir a esparguete e a massa de lasanha, agora é a couve-flor que se torna minha amiga... já conhecia este tipo de receita há algum tempo, mas como nunca gostei de couve-flor ainda não tinha experimentado. Depois de experimentar a base de pizza de couve flor e de ter gostado, decidi experimentar o tal "arroz" de couve-flor, que até se parece mais com cuscuz do que com arroz... a receita original utiliza ervilhas de quebrar mas substitui-as por espargos porque gosto muito mais! Infelizmente perdi a receita original e não sei de onde a tirei...

Fica muito mais saboroso do que se poderá imaginar e come-se bem quente ou frio!


Ingredientes (para 2 pessoas):

-1/2 couve-flor
-1/2 cebola
-1/2 molho de espargos verdes
-1/4 de pimento vermelho
-12 camarões descascados
-2 dentes de alho grandes
-1 ovo
-2 colheres (de sopa) de óleo de sésamo
-2 ou 3 colheres (de sopa) de molho de soja

1. Preparar todos os ingredientes e aquecer bem um wok ou frigideira grande; 
2. Triturar a couve-flor e picar a cebola;
3. Saltear o alho esmagado em 1 colher (de sopa) de óleo. Retirar o alho e juntar a cebola e a couve. Saltear uns minutos. Retirar e reservar;
4. Voltar a aquecer óleo de sésamo. Saltear o pimento e os espargos cortados em pedaços. Deixar cozinhar até os espargos estarem tenros. Juntar o camarão cortado em pedaços e temperar;
5. Afastar os legumes e o camarão para um dos lados da frigideira ou wok e verter o ovo batido para a área livre. Mexer o ovo e misturar com os legumes e o camarão;
6. Juntar a couve-flor e a cebola reservadas e temperar com molho de soja.

Atenção: Depois de juntar o camarão não esperar muito para juntar o ovo, de forma ao não cozinhar demasiado e ficar tenro.

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Salada de atum e feijão frade

Uma das coisas que tenho feito ultimamente, é preparar ao domingo algumas refeições da semana... bastante prático e garantia de que tenho refeições saudáveis para quando não tenho tempo ou paciência de cozinhar...


Esta semana fiz uma salada de feijão frade com atum e cavalas em conserva... tão fácil e tão típica da nossa culinária... esta é uma refeição muito fresca, mas quem não quer relembrar o verão?... é perfeita para marmitas e piqueniques! 

Esta receita deu-me para três refeições com cerca de 200 calorias cada uma... ainda a podem incrementar com ovos cozidos, milho doce, salsa ou aquilo que mais gostarem! Também podem substituir o atum e a cavala por sardinhas ou bacalhau! E o feijão frade por grão de bico! Adaptem a ideia ao vosso gosto! Num recipiente bem fechado e sem tempero no frigorífico, ficam bem durante 3 dias...



Ingredientes (3 doses):

-1 lata de feijão frade cozido
-2 latas de atum em água
-1 lata de cavalas
-3 tomates cortados em cubos
-1/4 de cebola picada
-10 azeitonas sem caroço em rodelas
-1 tira grossa de pimento verde cortada em cubos
-1 colher (de sopa) de alcaparras
-3 mãos cheias de rúcula cortada em juliana

Misturar tudo e separar em doses individuais. Levar ao frigorífico. Temperar só na altura de consumir para os legumes não murcharem!

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Calipo de laranja e romã

Pensar em gelados nos dias frios que correm até arrepia! Mas a época das romãs é esta e arranjei umas muito vermelhinhas e super doces! Como não tenho paciência para comer romãs por causa das grainhas mas adoro o sabor, gosto de fazer sumo com elas, triturando a polpa e coando... por vezes misturo-o com sumo de laranja e fica igualmente delicioso! Como me sobrou algum sumo, decidi colocá-lo em formas de gelado e levar ao congelador... aguentam-se bem até aos dias mais quentinhos!



Usar sumo de laranja e sumo de romã coado em partes iguais. Tanto as laranjas como as romãs estavam dulcíssimas por isso não acrescentei qualquer tipo de adoçante artificial.

Uma dica para não sujarmos a cozinha toda com sumo de romã: abri-la e retirar-lhe a polpa dentro de uma bacia cheia de água. Nem um salpico, e a película fina fica a boiar! 

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Granola

A granola não só está cheia de nutrientes bons como é saborosa... adoro o contraste entre a crocância da aveia e algumas sementes e as uvas passas e bagas mais suaves... adoro juntá-la ao meu iogurte de manhã...

Como a granola pode ser um alimento muito calórico, eu prefiro fazê-la em casa, para poder controlar o nível de açúcar e gorduras adicionadas... além disso, posso juntar os ingredientes que mais gosto, como as bagas de goji por exemplo, que não podem faltar!


Fazer granola é fácil... é só juntar a aveia com os frutos secos e sementes que mais gostar, regar com mel ou agave ou polvilhar com açúcar mascavado e levar ao forno até dourar... as frutas e bagas como as uvas passas e o goji, por exemplo, devem ser adicionadas no final...  



Ingredientes desta granola:

-150g de aveia fina
-30g de avelã
-10g de amendoim
-50g de amêndoa
-15g de linhaça picada
-40g de sementes de abóbora
-20g de sementes de sésamo
-20g de sementes de papoila
-50g de bagas de goji
-20g de uvas passas
-30ml de agave

Outras opções: nozes picadas, sementes de girasol, framboesas desidratadas, caju, castanha do pará...

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Sopa de abóbora, feijão branco e folhas de rabanete

Depois de uma pausa, o bolinho de coco vai voltar com novas ideias saborosas!

E a primeira receita do ano vai ser uma sopa de inverno, bem cremosa, nutritiva e reconfortante!



Na minha última encomenda de legumes e frutas biológicos, recebi uns rabanetes com rama, o que é difícil de encontrar no supermercado... 


Sinceramente, nunca tinha visto a rama de rabanetes e nem sabia se era comestível! Mas pareceu-me uma pena deitar ao lixo e fui investigar... não só percebi que é comestível, como é muito rica em nutrientes. As folhas podem comer-se cruas ou cozinhadas... não gostei delas cruas, mas ficaram boas na sopa!

Ingredientes:

-600g de abóbora
-1 cebola
-1 curgete
-1 lata de feijão branco ou manteiga cozido
-folhas da rama de um molho de rabanetes
-sal, azeite

1. Cortar a abóbora, a cebola e a curgete em cubos e levá-las a cozer em água com sal;
2. Reduzir os legumes a puré, retificar os temperos e juntar o feijão e as folhas dos rabanetes. Deixar cozinhar mais uns minutos e finalizar com um fio de azeite.

quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Cabazes finalizados

Com a azáfama do Natal, foi impossível conseguir publicar todas as sugestões para os cabazes a tempo... mas aqui ficam os miminhos que andei a preparar para oferecer:



Tempero pronto para carnes e frango 



Deu-me para 4 frascos pequenos e um grande:


-500g de sal marinho

-4 colheres (de sopa) açúcar amarelo
-12 colheres (de sopa) de alecrim seco
-6 colheres (de sopa) de tomilho seco
-5 colheres (de sopa) de pimentão doce
-5 colheres (de sopa) de piripiri em pó
-6 colheres (de sopa) de alho em pó
-6 folhas de louro em pedaços
-2 colheres (de sopa) de pimenta preta em grão





Os frascos fui guardando ao longo do ano, exceto uns do IKEA mas encontram frascos facilmente em lojas chinesas... para as decorações andei pelas lojas chinesas, DeBorla, Tiger, Staples... e o tecido das compotas encomendei pela internet na loja Mundo dos Tecidos. Também é sempre bom ir reciclando laços e fitas dos anos anteriores!



As compotas de morango e de natal





Uma sugestão bastante gira para troca de prendas é uma mistura pronta para panquecas com uma compota caseira:


O Bolo de Natal





Molho Barbecue





Uma ideia gira que a Joana Roque deu no workshop de Presentes de comer foi dar os presentes de comer dentro de uma taça ou prato... este cabaz maiorzinho coloquei-o numa travessa de natal e embrulhei com papel de seda:


Tomates cereja em conserva


Há que não esquecer de dar instruções de consumo a quem recebe as guloseimas!



domingo, 4 de dezembro de 2016

Creme de couve-flor

Para este fim-de-semana de outono, um creme super cremoso e reconfortante!!
É engraçado como podemos apaixonar-nos de repente por um alimento de que nunca tínhamos gostado! Depois de 30 anos a não gostar de couve-flor, agora compro-a quase todas as semanas! Ninguém diria que esta sopa não tem batata! 


Ingredientes:

-2 couves-flor
-1 curgete grande sem casca
-1 pedaço pequeno de abóbora (cerca de 200g)
-1 dente de alho
-2 colheres (de sopa) de azeite
-sal

-fiambre de peru (opcional)

1. Cortar todos os legumes e refogá-los por uns minutos no azeite;
2. Juntar a água e o sal e deixar cozinhar em lume brando por cerca de 1 h/1.15h;
3. Triturar bem com a varinha mágica e retificar o sal. Se ainda não estiver cremoso o suficiente, deixar reduzir mais um pouco até espessar;
4. Cortar o fiambre em tiras e saltear num fio de azeite até tostar.

sábado, 3 de dezembro de 2016

Panquecas com Compota de Natal

Ontem foi dia de preparar mais compota e a mistura de panquecas para os cabazes de Natal. A ideia é oferecer a compota acompanhada por uma mistura de ingredientes secos à qual depois basta adicionar ovo, leite e e manteiga. A compota é uma receita da Joana Roque, com quem fiz na 5a feira um workshop sobre este tema dos presentes de comer. A mistura das panquecas é uma receita da Nigella Lawson. As panquecas foram das melhores que já fiz, muito fofinhas e saborosas! A compota é tão deliciosa que até fiz a mais para mim, e eu não sou consumidora de compotas... muito aromática e natalícia!! Uma das dicas que a Joana Roque deu no workshop foi dar sugestões de utilização do que oferecemos. Já pensava fazê-lo no caso dos sais aromatizados, mas não me lembrei de o fazer com as compotas... mas a verdade é que mesmo quem não goste de comer compota com as torradas, pode usá-la para rechear ou cobrir bolos, tartes, cheesecakes, scones, panquecas, bolachas... ou ainda para acompanhar uma tábua de queijos!

Mais sugestões para breve!!



Ingredientes (Compota de Natal)
Para 4 frascos

-1 kg de abóbora pesada sem casca nem sementes
-750g de açúcar
-raspa e sumo de 1 laranja
-1 colher (de chá) de gengibre
-2 paus de canela
-1 estrela de anis
-1/2 colher (de café) de cravinho em pó (não tinha em pó, usei 2 cravinhos inteiros)
-1/2 colher (de chá) de canela em pó

1. Cortar a abóbora em cubos pequenos e misturar com o açúcar, as especiarias, a raspa e o sumo da laranja;
2. Levar ao lume até ferver e baixar o lume para o mínimo. Deixar cozinhar em lume brando por cerca de 1h30 a 2 horas. Retirar os paus de canela e a estrela de anis e triturar tudo com a varinha mágica. Testar se já está em ponto de estrada. Se não estiver, deixar ferver mais um pouco.
3. Colocar a compota em frascos esterilizados.


Ingredientes (Para 4 frascos de mistura seca)

-600g de farinha de trigo
-3 colheres (de sopa) de fermento em pó
-2 colheres (de sopa) de bicarbonato de sódio
-1 colher (de chá) de sal fino
-40g de açúcar

1. Misturar tudo e dividir por frascos com 150g da mistura pronta.

Para preparar as panquecas

-150g de mistura seca
-1 ovo
-1 colher (de sopa) de manteiga derretida
-180ml de leite (a receita leva mais mas para mim só resultou bem com esta quantidade)

1. Misturar todos os ingredientes;
2. Aquecer uma frigideira anti aderente e verter 2 colheres de sopa da massa para fazer cada panqueca. Assim que começar a formar bolhas e for possível descolar, virar e deixar cozinhar mais um pouco do outro lado. 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...